O que esperar da nova HQ do Darth Vader?

DarthVader001_Cvr

No início da semana, a Marvel anunciou uma nova HQ mensal do Darth Vader, a segunda focada no vilão desde que a Disney adquiriu a Lucasfilm e os direitos dos quadrinhos de Star Wars passaram para as mãos da Marvel.

A primeira HQ, que teve início em 2015 perdurou dois anos com um total de 25 edições, foi crucial para fazer uma ponte entre o Episódio IV: Uma Nova Esperança e o Episódio V: O Império Contra-Ataca, mostrando os bastidores do Império e momentos marcantes como a descoberta de Vader de que Luke é seu filho.

Porém, nessa nova mensal a ambientação é outra. Em vez de retratar o auge do embate entre Aliança Rebelde e Império, a nova HQ vai se passar logo após o Episódio III: A Vingança dos Sith, ou seja, logo depois da transformação de Anakin Skywalker em Darth Vader. O que podemos esperar dessa nova série? 

Darth Vader em Vader Down #1, crossover entre as revistas Star Wars e Darth Vader

De acordo com o roteirista da revista Charles Soule, que também escreveu as minisséries Lando e Obi-Wan & Anakin e está no comando da mensal Poe Dameron, essa revista será uma espécie de Darth Vader: Ano Um, em uma referência direta a Batman: Ano Um, quadrinho escrito por Frank Miller que conta as origens e constrói as bases para o herói que o Batman é hoje.

“A história começa um segundo após o final de A Vingança dos Sith. Darth Vader está em sua armadura que vemos pelo resto de sua vida”, explica o roteirista. “Ele está despertando para aquele momento e aquela realização. Então ele grita “Não!” do jeito que vemos no filme e então ele [o quadrinho] parte imediatamente a partir desse ponto. Então nós o vemos se ajustando a aquilo. Nós o vemos aprender a ser mais máquina do que homem.”

Além disso, Soule também deu detalhes sobre o primeiro arco da revista. “O primeiro arco vai girar em torno da construção do seu sabre-de-luz vermelho, porque no final de A Vingança dos Sith, ele obviamente perde seu sabre azul quando é cortado ao meio e Obi-Wan o leva para eventualmente ser dado ao Luke. Então nós terminamos com um personagem que é conhecido por conta de um sabre icônico […] mas ele ainda não o tem. Então qual a maneira melhor de começar uma grande série do que com uma busca por um sabre mágico?”, brinca o roteirista.

maxresdefault
Cena icônica de Vader com seu sabre-de-luz ao final de Rogue One: Uma História Star Wars

É bom lembrar que essa não será a primeira obra de Star Wars a retratar os primeiros passos de Darth Vader. No antigo Universo Expandido, agora sendo lançado com o selo Legends, outro quadrinho cumpriu esse papel. Star Wars: Republic, em sua edição 78, intitulada Loyalties, mostra Palpatine convocando uma reunião com seus militares mais influentes para apresentar seu mais novo braço direito, Darth Vader.

Como parte do selo Legends, a obra não faz mais parte do cânone da saga, ou seja, não conta para a cronologia oficial. Isso abre o caminho para que o roteirista Charles Soule e o artista Giuseppe Camuncoli possam explorar o personagem nesse contexto histórico sem se prender a amarras de continuidade.

Captura de Tela 2017-03-15 às 11.34.55
Vader mostra seu poder contra o Capitão Dallin em Star Wars: Republic #78

Darth Vader #1 será lançada em junho.


Topo