Review – HQ | Age of Republic: Qui-Gon Jinn

Captura de Tela 2019-02-01 às 10.34.05

Se inicia uma nova era para os quadrinhos de Star Wars. A minissérie Age of Republic está entre nós e é parte da maxissérie composta também pelas minisséries Age of Rebellion e Age of Resistance, totalizando 27 HQs. A primeira edição da Era da República se passa antes do Episódio I – A Ameaça Fantasma e é focada em um dos maiores mestres Jedi da história do Conselho: Qui-Gon Jinn.

A história, de nome “Balance”, tem início em uma missão de pacificação do mestre Qui-Gon e seu aprendiz Obi-Wan no planeta Bri’n. Os Jedi tentam resgatar Th’er, a Sacerdotisa da Madeira, porém acabam emboscados pelos opositores dela, o clã do Metal. O objetivo do clã é derrubar as árvores de seu planeta, que na verdade só podem ser derrubadas sob o comando ou sob o sangue da Sacerdotisa.

Captura de Tela 2019-02-01 às 11.00.44

Por motivos de segurança, Th’er é levada a Coruscant, capital da República, contrariada. A Sacerdotisa se pergunta por que os Jedi, que são tão conhecidos galáxia afora como grandes guerreiros, decidiram fugir da batalha contra o clã do Metal em vez de enfrentá-los como verdadeiros guerreiros fariam. Isso leva Qui-Gon a questionar posteriormente à Yoda sobre os caminhos que a Ordem Jedi está tomando.

Sabemos que Qui-Gon é, de fato, um Jedi diferenciado. No antigo Universo Expandido, ele era considerado pelos fãs um “Jedi cinza”. Apesar de membro da Ordem, ele não seguia seus preceitos cegamente e não hesitava em questioná-los. Vemos nessa HQ muito desse traço de personalidade do personagem. Antes mesmo de Jinn ir até Yoda, o mestre já sentia um distúrbio nele e não era a primeira vez que ele sentia isso.

Qui-Gon ficara realmente incomodado com as palavras da Sacerdotisa. Percebe-se que nessa época, muito antes do Episódio III – A Vingança dos Sith, o qual a República perece por conta do desvirtuamento dos Jedi, Jinn já observava esse fenômeno. A Ordem, desde estes tempos, já estava refém de decisões políticas e seus membros se tornavam cada vez mais soldados, em vez de estudiosos da Força.

Ao ser chamado pela Força a um planeta distante, sem designação nos arquivos da República, o mestre Qui-Gon é tentado a entrar em um templo dominado pelo lado sombrio, mas não para ser seduzido e sim para entender os perigos que o lado sombrio pode trazer. Lá, ele tem uma visão e aprende a única saída possível para seu conflito interno e o conflito da Ordem Jedi: o equilíbrio.

Captura de Tela 2019-02-01 às 11.00.06

No Episódio VIII – Os Últimos Jedi, Luke passa essa lição para a Rey e a busca pelo equilíbrio se torna um conflito constante nos caminhos da aprendiz para desbravar os segredos da Força. Isso nada mais é do que um desdobramento do que Qui-Gon conclui aqui nessa HQ.

Foi a soberba e a polarização da Ordem que a fez perecer, Qui-Gon sabia disso muito antes e Luke aprendeu isso muito depois. Essa é a grande lição.

Avaliação

Ficha técnica

Escrito por Jody Houser, desenhos por Cory Smith, tintas por Walden Wong, colorido por Java Tartaglia, letras por Travis Lanham.


Topo